Ouça agora na Rádio

N Notícia

Campanha Saúde Não Se Pesa oferece exames gratuitos em São Paulo

FOTO: Ginecomastia.org/Direitos Reservados

Campanha Saúde Não Se Pesa oferece exames gratuitos em São Paulo

No Dia Mundial da Obesidade, ações visam conscientizar sobre doença

Informações Compartilhadas Agencia Brasil

O Brasil tem mais de 41 milhões de pessoas com obesidade 1. A taxa da doença no país atingiu o seu recorde no último ano: 19,8% da população, o que representa um aumento de 67,8% entre 2006 e 2018, segundo dados do Vigitel 2018, pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde. Isso significa que uma em cada duas pessoas tem sobrepeso e uma em cada quatro é obesa. Para marcar o Dia Mundial da Obesidade, lembrado hoje (11), a campanha Saúde Não Se Pesa tem como meta alertar e conscientizar as pessoas sobre a obesidade como doença crônica.

A iniciativa oferece gratuitamente ao público o exame de bioimpedância, que analisa a composição corporal e indica a quantidade aproximada de massa magra (músculo), quantidade de água corporal e a quantidade de gordura contida no corpo.

O serviço está disponível nesta sexta-feira (11) e sábado (12), das 11h às 21h, na Avenida Paulista, 1230, em frente ao Shopping Cidade São Paulo (Av. Paulista, 1230).  Após os exames, as pessoas terão ainda um momento para tirar dúvidas com nutricionistas e, aquelas diagnosticadas com obesidade, receberão orientações para buscar um médico especialista.

Riscos da obesidade

O ator e humorista Leandro Hassum estará presente nesta ação hoje das 16h às 18h. O artista irá interagir com o público, ajudando a levar conhecimento sobre os riscos da obesidade, doença com a qual ele lida diariamente. "A perda de peso é apenas parte do processo. O restante é trabalhar constante e diariamente na manutenção do seu peso, que envolve também questões ligadas ao reconhecimento sobre o seu novo corpo. O tratamento de uma pessoa com obesidade dura o resto da vida", explica Hassum.

As ações fazem parte da campanha, um movimento de conscientização sobre a obesidade, realizada pela empresa global de saúde Novo Nordisk, em parceria com a Associação Brasileira para Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica (Abeso).

Em seu quarto ano, a promoção procura dar luz à obesidade como doença crônica, levando o assunto para debate, com informações e dados que evidenciem as doenças associadas à obesidade e os benefícios que o seu controle pode oferecer para uma saúde melhor e maior qualidade de vida.

Doença crônica

A endocrinologista e diretora médica da Novo Nordisk, Priscilla Mattar, enfatiza que a obesidade é uma doença crônica multifatorial. “A obesidade tem uma causa multifatorial, tem fatores genéticos que influenciam, mas, mais as questões ambientais, tem a questão do sedentarismo, do tempo em tela, dos alimentos ultra processados, é uma conjunção de fatores levando à obesidade”.
 
A médica lembra que a obesidade é reconhecida pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como doença crônica e que precisa de um tratamento a longo prazo, com orientação médica e acompanhamento para tratamento.

“Não é um desvio de caráter, a pessoa com excesso de peso não é sem vergonh, ela não tem ‘falta de vontade’, realmente existe uma causa fisiopatológica para obesidade e a campanha visa dar foco nisso, aumentar a discussão para a obesidade como doença crônica”.

Priscilla enfatiza ainda que a obesidade é uma doença e que leva a outras doenças também. “A obesidade está relacionada a 195 doenças, como diabetes, hipertensão, doenças cardiovasculares e câncer. Além disso, pode reduzir a expectativa de vida em até 10 anos e é uma doença grave que precisa de tratamento”, finaliza.

FONTE: Agencia Brasil
Link Notícia

Leia também