Ouça agora na Rádio

N Notícia

Cruzeiro rescinde contrato com Fabrício Bruno, recebe compensação financeira e mantém percentual em direitos econômicos

FOTO: Alexandre Guzanshe/EM D.A Press

Cruzeiro rescinde contrato com Fabrício Bruno, recebe compensação financeira e mantém percentual em direitos econômicos

Acordo foi feito após reunião entre representantes do jogador e diretoria celeste

Cruzeiro acertou nesta terça-feira a rescisão de contrato com o zagueiro Fabrício Bruno. Já publicado no Boletim Informativo Diário da CBF, o acordo foi feito após reunião entre representantes do jogador e a diretoria celeste na Toca da Raposa II.

Para ser liberado, o defensor de 23 anos se comprometeu a retirar a ação na Justiça contra o clube por causa de atrasos em salários, direitos de imagem, 13º, férias e Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Ele cobrava cerca de R$ 3,5 milhões.

Fabrício também abriu mão dos salários pendentes, além de efetuar aporte financeiro de R$ 500 mil nos cofres do Cruzeiro. O clube ainda mantém 25% dos direitos econômicos em uma venda futura.

No último dia 9, o Red Bull Bragantino retirou a proposta por Fabrício Bruno porque não tinha intenção em dar sequência a uma negociação por um atleta em litígio na Justiça com seu clube.
 
Na ocasião, o Bragantino pagaria R$ 2,8 milhões ao Cruzeiro, que, por sua vez, repassaria R$ 800 mil a Fabrício como quitação dos atrasados. Em contrapartida, o defensor retiraria a ação na Justiça.
 
Enquanto aguardava o desfecho das conversas, o jogador treinava diariamente em uma academia de Belo Horizonte. Ele não esteve em nenhum dia na pré-temporada na Toca.
 
Revelado na Toca I, Fabrício Bruno jogou 34 partidas e marcou um gol pelo Cruzeiro, somados os números das temporadas 2016 e 2019. Ele teve maior rodagem na Chapecoense, entre 2017 e 2018: 60 jogos e dois gols.
FONTE: Agencia Brasil
Link Notícia

Leia também